O Cordel e Fundação Casa de Rui Barbosa

  • Carolina Carvalho Sena
Palavras-chave: Literatura de cordel. Memória. Patrimônio. Identidade. Fundação Casa de Rui Barbosa.

Resumo

Esse texto apresenta-se como parte da pesquisa desenvolvida pela autora em sua dissertação de mestrado em memória e acervos na Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), ainda em andamento. Nele, é possível conhecer um pouco mais sobre o acervo de folhetos de cordel dessa instituição, assim como obter um olhar diferenciado quanto à origem histórica dessa literatura, abrindo margem para reflexões sobre o tema. A autora acredita que os escritores de folhetos de cordel brasileiros tenham recebido a literatura ibérica como inspiração para a composição de algo genuinamente próprio, tomando como base alguns autores que defendem essa ideia, contrária ao senso comum.Nesse sentido, considera-se que as condições características do nordeste brasileiro tenham proporcionado uma literatura própria dessa região. Através desse texto, também é possível observar a importância do cordel como fonte de informação e pesquisa para as diversas camadas sociais e como patrimônio cultural brasileiro, que merece ser preservado tanto por sua forma quanto por seu conteúdo.
Publicado
2017-07-11
Seção
ARTIGOS