• v. 2 n. 2 (2018)
    √Č com grande satisfa√ß√£o que lan√ßamos mais um n√ļmero da Revista Mem√≥ria e Informa√ß√£o ‚Äď vol. 2, n.2, julho/dezembro - 2018. Nesta edi√ß√£o, daremos continuidade √† publica√ß√£o de trabalhos apresentados durante o 2¬į Semin√°rio Tecnologia e Cultura-¬†Humanidades Digitais e Compet√™ncia em Informa√ß√£o. O encontro, ocorrido na Funda√ß√£o Casa de Rui Barbosa nos dias 23 e 24 de novembro de 2017, promoveu a apresenta√ß√£o e a discuss√£o de estudos entre estudantes, pesquisadores, professores e demais profissionais atuantes ou interessados na √°rea. Na se√ß√£o Artigos, o primeiro texto a que o leitor ter√° acesso √© o de Ivana Mihal e Daniela Szpilbarg. Nele as autoras abordam as vincula√ß√Ķes existentes entre o campo editorial e as bibliotecas populares na Argentina. O segundo artigo, de Cl√°udio Jos√© Silva, examina os desafios enfrentados pelo campo das Humanidades Digitais no contexto brasileiro. A seguir, Daniela Carvalho Sophia e Andr√© Bueno apresentam um panorama da rela√ß√£o entre a Museologia brasileira e a chinesa, destacando cinco quest√Ķes suscitadas pelo encontro de duas culturas t√£o distintas.No quarto texto publicado, Marina Leit√£o Damine Vera Dodebei, a partir do aplicativo Instagram, abordam aspectos relacionados √†s narrativas que circulam nas m√≠dias sociais.O quinto artigo, deIsabela Maria Arantes e Alberto Calil Junior, apresenta investiga√ß√£o sobre a inser√ß√£o do Letramento Informacional nos curr√≠culos de bacharelado do curso de Biblioteconomia no Brasil. Por fim, Shana dos Santos Ferreira e Marianna Zattar dedicam-se a examinar a pr√°tica da Compet√™ncia em Informa√ß√£o na forma√ß√£o dos orientadores de estudo e professores alfabetizadores que participam do Pacto Nacional pela Alfabetiza√ß√£o na Idade Certa ¬†no Estado do Rio de Janeiro. ¬† Na se√ß√£o Relatos de Experi√™ncia, divulgamos o trabalho de Leonardo Mattos da Costa em que o autor aborda a geografia hist√≥rica do Rio de Janeiro, apresentando um mapeamento a partir de¬† informa√ß√Ķes constantes no peri√≥dico Almanak Laemmert. No segundo artigo, Jorge Phelipe Lira de Abreu discute a import√Ęncia dos arquivos pessoais digitais apartir de um estudo de caso do arquivo pessoal de Rodrigo de Souza Le√£o. ¬† Estamos certas de que a diversidade tem√°tica dos textos apresentados nesta publica√ß√£o, com recurso a diferentes fontes e metodologias de pesquisa, poder√° vir a constituir contribui√ß√£o significativa em rela√ß√£o aos desafios com que se defrontam os processos de preserva√ß√£o e de gest√£o de acervos sob a guarda de institui√ß√Ķes p√ļblicas e privadas brasileiras. Esta nova edi√ß√£o de Mem√≥ria e Informa√ß√£o se apresenta como o resultado do esfor√ßo da equipe da Funda√ß√£o Casa de Rui Barbosa em divulgar estudos nas √°reas de patrim√īnio documental e arquitet√īnico, abrangendo museologia, preserva√ß√£o arquitet√īnica, preserva√ß√£o e conserva√ß√£o de documentos e ci√™ncia da informa√ß√£o, incluindo arquivologia e biblioteconomia. A todos desejamos uma √≥tima leitura.¬†Ana L√≠gia Medeiros e Daniela Carvalho Sophia (Editoras)
  • v. 2 n. 1 (2018)
    Certas de que a divulga√ß√£o de pesquisa na √°rea do patrim√īnio constitui em importante elemento no processo de preserva√ß√£o e gerenciamento dos acervos sob a guarda de institui√ß√Ķes p√ļblicas, apresentamos este segundo n√ļmero do peri√≥dico Mem√≥ria e Informa√ß√£o. Esta edi√ß√£o se apresenta como o resultado do esfor√ßo da equipe da Funda√ß√£o em divulgar estudos nas √°reas de patrim√īnio documental e arquitet√īnico, abrangendo museologia, preserva√ß√£o arquitet√īnica, preserva√ß√£o e conserva√ß√£o de documentos e ci√™ncia da informa√ß√£o, incluindo arquivologia e biblioteconomia.A partir desta edi√ß√£o, publicaremos alguns trabalhos apresentados durante o 2¬į Semin√°rio Tecnologia e Cultura-¬†Humanidades Digitais e Compet√™ncia em Informa√ß√£o. O encontro, ocorrido na Funda√ß√£o Casa de Rui Barbosa nos dias 23 e 24 de novembro de 2017, promoveu a apresenta√ß√£o e discuss√£o de estudos entre estudantes, pesquisadores, professores e demais profissionais atuantes ou interessados na √°rea. Os dois primeiros textos lan√ßam um olhar para a pr√≥pria Funda√ß√£o Casa de Rui Barbosa. O primeiro, de Luz Neira Garcia, apresenta a trajet√≥ria de t√™xteis dom√©sticos do Museu Casa de Rui Barbosa, procurando demonstrar como o desaparecimento e desgaste dessa esp√©cie de material √© proporcional √† perda de informa√ß√£o a ela associado. A autora trata, ainda, dos desafios √©ticos e pr√°ticos relacionados a autenticidade dos objetos.O segundo artigo, de Ros√Ęngela Rangel e Zenilda Brasil, em torno das cole√ß√Ķes museol√≥gicas do Arquivo-Museu de Literatura Brasileira (AMLB), enfoca os desafios enfrentadospela institui√ß√£o no processo de organiza√ß√£o da sua documenta√ß√£o e de seu acervo museol√≥gico.No terceiro artigo, apresentado no mencionado Semin√°rio, Regina Celia Baptista Belluzzo descortina o entorno da Compet√™ncia em Informa√ß√£o de suas origens √† sua inser√ß√£o na sociedade contempor√Ęnea. S√£o a√≠ abordados os principais modelos te√≥ricos, padr√Ķes e diretrizes do campo, bem como sua articula√ß√£o com as melhores pr√°ticas em diferentes ambi√™ncias sociais. A seguir, M√īnica Machado e Ant√īnia Soares apresentam investiga√ß√£o sobre o engajamento digital no Museu de Favela, na comunidade do Cantagalo, Pav√£o e Pav√£ozinho, na cidade do Rio de Janeiro. No quinto trabalho, Regina Almeida, J√©ssica Camargo Santana, Rayssa Tavares da Silva e Terezinha Perpetuo Socorro Normando dos Reis examinam as estrat√©gias de divulga√ß√£o e marketing das cole√ß√Ķes especiais da Biblioteca Setorial de Enfermagem e Nutri√ß√£o da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.Na se√ß√£o ‚ÄėRelatos de experi√™ncias‚Äô, divulgamos o artigo de Leonardo Magalh√£es, C√≠cera Vieira e Marina Martinez,que tem por objetivo descrever a experi√™ncia dos autores na constru√ß√£o do acervo digital sobre os Jogos Ol√≠mpicos Rio 2016. Na mesma se√ß√£o, publicamos o artigo de Karina Muniz Viana,centrado na descri√ß√£o do processo de elabora√ß√£o e implementa√ß√£o do Plano Gestor Museol√≥gico entre os anos de 2011 e 2016 na Secretaria de Estado da Cultura do Paran√°.Por fim, na se√ß√£o ‚Äėresenha‚Äô, Rodrigo Piquet apresenta o livro de P√Ęmela de Almeida Resende. A obra √© resultado de disserta√ß√£o de mestrado, defendida pela autora no ano de 2013 na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e agraciada com o pr√™mio de pesquisa Mem√≥rias Reveladas 2012.Temos a certeza de que este n√ļmero da Revista Mem√≥ria e Informa√ß√£o oferece muitas possibilidades de questionamento e reflex√£o para pensarmos o patrim√īnio cultural brasileiro. Desejamos a todos uma agrad√°vel leitura. Ana L√≠gia Medeiros e Daniela Carvalho Sophia (Editoras)
  • v. 1 n. 1 (2017)
    A cria√ß√£o de um peri√≥dico cient√≠fico representa um novo canal de informa√ß√£o e conhecimento que beneficia a comunidade de pesquisadores.¬† Nesse sentido, o Centro de Mem√≥ria e Informa√ß√£o (CMI) da Funda√ß√£o Casa de Rui Barbosa (FCRB), √≥rg√£o do Minist√©rio da Cultura, lan√ßa Mem√≥ria & Informa√ß√£o. Esta publica√ß√£o coroa os esfor√ßos da equipe de pesquisadores da institui√ß√£o que vem se dedicando √† produ√ß√£o de conhecimento nas √°reas de patrim√īnio documental e arquitet√īnico, abrangendo museologia, preserva√ß√£o arquitet√īnica, preserva√ß√£o e conserva√ß√£o de documentos e ci√™ncia da informa√ß√£o, incluindo arquivologia e biblioteconomia. Al√©m das pesquisas, o CMI √© tamb√©m respons√°vel pela promo√ß√£o de eventos nacionais e internacionais, bem como de diversas publica√ß√Ķes especializadas, o que possibilita a troca de informa√ß√Ķes nas √°reas de sua atua√ß√£o. ¬† Assim, o principal objetivo da publica√ß√£o de Mem√≥ria & Informa√ß√£o √© divulgar estudos te√≥ricos ou emp√≠ricos que possibilitem aos leitores o acesso livre ao conhecimento que vem sendo produzido. Mem√≥ria & Informa√ß√£o tem periodicidade semestral e re√ļne artigos, relatos de experi√™ncias e resenhas produzidos por pesquisadores e cientistas de universidades e institui√ß√Ķes de pesquisa no Brasil e no exterior, al√©m de divulgar um documento selecionado pertencente ao acervo da FCRB. ¬† Ana L√≠gia Medeiros (Editora) ¬†