Edição Atual

v. 3 n. 2 (2019): Memória e Informação
alt

Editorial

 

Memória e Informação é uma publicação semestral da Fundação Casa de Rui Barbosa. A revista, lançada em julho de 2017, publica artigos inéditos, relatos de experiência, pesquisas e documentos de valor histórico nas áreas de patrimônio, museologia, preservação arquitetônica e ciência da informação.

Na seção Artigos, apresentamos o Dossier Arquivo-Museu de Literatura Brasileira. Pretendemos, com essa iniciativa, incentivar o aperfeiçoamento do AMLB como instrumento de incentivo à formação de coleções e arquivos para conservação e memória da produção literária brasileira. Ao conservar, estudar, expor e transmitir o patrimônio material concernente ao fazer literário e ao seu meio, o AMLB é uma das  principais instituições envolvidas na musealização do patrimônio literário brasileiro.

O primeiro trabalho, de Rosangela Rangel, se constitui em desdobramento de seus estudos de doutoramento sobre o Sabadoyle, principal ponto de encontro de intelectuais e políticos que resultou na formação do Arquivo-Museu, coordenado pelo Bibliófilo e advogado Plínio Doyle.

No artigo de Thiago Cavalcanti, o autor busca compreender de que modo as correspondências pessoais do escritor cataguasense Francisco Inácio Peixoto, sob a guarda do Arquivo-Museu de Literatura Brasileira, são relevantes para o estudo da arquitetura do Modernismo em Cataguases.

O terceiro artigo publicado, de Luiz Felippe Dias Trota e Aline Lopes Lacerda, aborda estudo de tipologia documental em arquivos pessoais de escritores e seus desafios, tendo como campo empírico o arquivo de Leon Eliachar, sob a guarda do AMLB.

Por fim, publicamos o trabalho de Ellen Ropke Ferrando, que apresenta o conjunto artístico do Arquivo-Museu de Literatura Brasileira e discute aspectos relacionados à sua conservação preventiva.

A seguir, apresentamos o artigo de Ana Lígia Medeiros. No trabalho, a autora examina a história de bibliotecas antigas como as localizadas  na  Mesopotâmia, em Nínive, em Alexandria, em Pergamo e em Roma. Ao apresentar um relato minucioso das principais bibliotecas da Antiguidade, mostra essas instituições como reflexo de seus momentos históricos e influenciadas diretamente pela economia, pela política e pela organização social de suas épocas.

Na sessão relatos de experiências, publicamos artigos que representam uma contribuição aos estudos no campo museológico.

O trabalho de Diana Farjalla Correia Lima apresenta os resultados da Pesquisa dos termos e conceitos da Museologia, Linguagem de Especialidade, investigando e analisando no ciberespaço a representação “museus autodenominados virtuais”.  

O artigo de Auta Rojas Barreto apresenta relato da experiência da autora na condução do “Projeto de modernização e acessibilidade da exposição permanente do Memorial JK”, por meio da inserção de novas tecnologias no percurso expositivo.

Karina Muniz Vianna discute conceitos pautados nos resultados alcançados durante o processo de investigação da pesquisa-dissertação da autora, realizada de 2014 a 2016. O referido trabalho recebeu o 1º lugar do Prêmio ANCIB de melhor dissertação de mestrado em Ciência da Informação e Museologia do Brasil.

Concluímos a edição desse número com a publicação do trabalho  de Camila de Almeida Lima e Stefanie Cavalcanti Freire. Neles, as autoras apresentam o gerenciamento de riscos como uma ferramenta de auxílio à preservação de acervos bibliográficos e propõem um Plano de Gerenciamento de Riscos para a salvaguarda do acervo da Biblioteca Francisca Keller.

Na seção Documentos, divulgamos a expansão do regimento interno da Fundação com a inclusão do Arquivo-Museu de Literatura Brasileira na sua estrutura. O documento faz parte do acervo do Arquivo Institucional da Fundação Casa de Rui Barbosa e representa fonte indispensável aos estudantes e pesquisadores que pretendem conhecer o AMLB.

Desejamos à todos uma boa leitura.

Ana Ligia Medeiros e Daniela Carvalho Sophia

 

 

Publicado: 2019-12-23
Ver Todas as Edições

O periódico Memória e Informação é uma publicação científica interdisciplinar da área de Arquivologia, Biblioteconomia, Ciência da Informação, Humanidades Digitais, Memória Social, Museologia, Preservação Arquitetônica, Preservação e Conservação de documentos. Sua missão é contribuir para a divulgação de pesquisas inéditas, análises teóricas, casos práticos de gestão e notas técnicas que possibilitem subsidiar a reflexão acadêmica e a prática profissional sobre iniciativas sustentáveis em organizações privadas, públicas e da sociedade em geral.